01 de dezembro de 2020
Moda

Casa da Cultura realiza a Exposição Estamparia&Ecotingimento

Serão expostos artigos de algodão tingidos com materiais naturais – como cascas, raízes e folhas.

Estampas atemporais impressas em tecidos de algodão e variadas tonalidades de cores naturais são elementos que compões uma técnica conhecida como ecotingimento, aplicada pelo arte educador e assistente social, Manoel Severino, há mais de 20 anos.

De forma rápida, pratica e com elementos encontrados na natureza aos poucos vão surgindo as estampas variadas tonalidades.
“Encontramos na natureza muitas coisas que podemos utilizar como galho, raízes, folhas, sementes, cascas e que são produtos que tem uma tinta maravilhosa que podemos aproveitar de forma ecologicamente correta e sem muitos custos”, explica Manoel.

Além da sustentabilidade, o material é encontrado em regiões de solos piauiense deixando a peça ainda mais autoral.
“É uma matéria prima encontrada em todo o Piauí podendo assim fazer com que as estampas sejam originais e genuinamente piauienses”, esclarece o arte educador.

Foto: Cássia Caldas

Na próxima quarta-feira (05 de julho) é considerado o dia Mundial do Meio Ambiente, com isso foi montada a Exposição Estamparia&Ecotingimento, a acontecer na Casa da Cultura, localizada no Centro de Teresina, com peças produzidas pela turma liderada por Severino.

“Na exposição em especial, as estampas foram produzidas com tintas naturais das folhas, flores, frutos, sementes e raiz de algumas plantas do cerrado como aroeira, murici, jatobá, jenipapo, ameixa, açafrão, cajuí, caroba, mesocarpo do babaçu entre várias outras alternativas. Também serão apresentados itens trabalhados com a técnica batique”, detalha Severino.

Colaboração: Pedro Silva

0 Comentários

Dê sua opinião: